Diet x Light x Zero


Hoje vou falar um pouquinho de um assunto que causa muitas dúvidas aos consumidores, a denominação de produtos industrializados!

Existem três principais termos muito questionados por pacientes nas consultas nutricionais: diet, light e zero. A pergunta é sempre a mesma: qual a diferença entre eles e qual devo consumir?

Minha resposta é simples: nenhum deles! Para se ter saúde, emagrecer, ganhar massa muscular, perder gordura corporal e tratar qualquer tipo de doença, devemos comer comida de verdade, aquela comprada na feira, que não vem em embalagem e que tem apenas um ingrediente!

Produtos que são reduzidos em algum nutriente, são sempre aumentados em outro, por isso devemos ter muita cautela no seu consumo! Mas para quem optar por fazer uso de algum industrializado e tiver alguma restrição alimentar por problemas de saúde, é importante ficar informado e saber o que está comprando!

ALIMENTOS LIGHT

É importante ficar claro que “light” não se refere exclusivamente à redução de calorias!

Um produto é considerado light quando é baixo ou reduzido em algum nutriente (açúcares, gorduras totais, gorduras saturadas, colesterol ou sódio) ou valor energético. Essa redução deve ser de no mínimo 25% quando comparado ao produto original.

Nesse caso, um produto pode receber a denominação de light e conter a mesma quantidade de calorias que o tradicional, porém ter sódio em quantidades reduzidas.

ALIMENTOS DIET

São destinados a dietas com restrição de algum nutriente (carboidratos, gorduras, sódio, proteínas) para pessoas que precisam por algum motivo de saúde, eliminar ou reduzir esses nutrientes da dieta. Exemplo: diabéticos, que precisam controlar a quantidade de carboidrato; hipertensos, que precisam controlar a ingestão de sódio.

ALIMENTOS ZERO

Indica o alimento com restrição ou isenção de algum nutriente em comparação com a versão tradicional. Para cada nutriente que se declara “zero” existe um limite máximo legal definido por legislação.

Para existir alegação de “zero açúcar”, por exemplo, o produto pode apresentar no máximo 0,5g de açúcar em 100g do alimento pronto para consumo.

Ler o rótulo dos produtos é a melhor maneira de se informar! Fique de olho!

Beijos da nutri

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *