Tudo que sei sobre Kefir!


De origem milenar e com muitos adeptos, o Kefir é uma bebida fermentada a partir de grãos de Kefir, uma colônia de micro-organismos extremamente benéficos ao nosso organismo. São de fácil cultivo, podendo ser feito a partir do leite ou da água, nesse caso, com adição de açúcar, visto que necessitam de uma fonte de carboidrato para fermentarem e produzirem ácido lático, substância que dá o sabor bem característico à bebida.

São considerados probióticos e seus benefícios vão muito além do fato de auxiliarem na regulação intestinal. Eles melhoram a composição da microbiota, eliminando quadros de disbiose intestinal, um desequilíbrio que leva a sintomas como gases, prisão de ventre/diarreia, náuseas, arrotos, quedas de cabelo, unhas fracas, distensão abdominal, dores de cabeça, cansaço, candidíase de repetição, entre outros!

A dose diária de recomendação é de no mínimo 100ml ao dia!

Que tal aprender a cultivar esses micro-organismos do bem?

Para cultivar o kefir de água você vai precisar de:

  • 3 colheres de grãos
  • 1 colher de açúcar mascavo
  • 200ml de água mineral ou filtrada
  • 1 pote de vidro
  • 1 peneira de plástico
  • 1 colher de pau ou bambu (não utilize utensílios de metal)
  • 1 jarra de vidro
  • 1 voal ou papel toalha
  • 1 elástico

Misture o açúcar na água. Coloque os grãos no pote de vidro, adicione a água com açúcar e tampe com o papel toalha passando o elástico para que fique bem fechado. Guarde esse pote em um local escuro (uma boa dica é colocá-lo dentro de um armário). Deixe assim de 12 a 48h (sendo 12h para quem tem intestino preso; 24h para intestino regular; de 24h a 48h para intestino solto). Em dias mais quentes, sugiro colocá-los na geladeira nas horas de maior calor, visto que o mesmo favorece o crescimento dos micro-organismos, finalizando o processo em menos horas. Passadas pelo menos 12 horas, coe o kefir com o auxílio da peneira em uma jarra. O líquido que estiver na jarra já pode ser consumido. E os grãos que ficaram na peneira, você volta para o pote e repete o processo novamente.

Quando você tiver uma quantidade de grãos maior do que a quantidade de kefir que você e sua família consomem, você pode doar esse kefir ou também pode guardar na geladeira ou no freezer (as baixas temperatura vão impedir a sua multiplicação).

A cada 7 dias, quando você for fazer a troca da água, lave os grãos em água mineral ou água filtrada.

Você pode consumir o kefir puro ou batido com outras frutas, na forma de suco.

Para cultivar o kefir de leite você vai precisar de:

  • 1 colher de sopa de grãos
  • 250ml de leite de boa qualidade (de preferência o leite de saquinho)
  • 1 pote de vidro
  • 1 peneira de plástico
  • 1 colher de pau ou bambu (não utilize utensílios de metal)
  • 1 jarra de vidro
  • 1 voal ou papel toalha
  • 1 elástico

Coloque os grãos no pote de vidro, adicione o leite e tampe com o papel toalha passando o elástico para que fique bem fechado. Guarde esse pote em um local escuro (uma boa dica é colocá-lo dentro de um armário). Deixe assim de 12 a 48h (sendo 12h para quem tem intestino preso; 24h para intestino regular; de 24h a 48h para intestino solto). Em dias mais quentes, sugiro colocá-los na geladeira nas horas de maior calor, visto que o mesmo favorece o crescimento dos micro-organismos, finalizando o processo em menos horas. Passadas pelo menos 12 horas, coe o kefir com o auxílio da peneira em uma jarra. O líquido que estiver na jarra já pode ser consumido. E os grãos que ficaram na peneira, você volta para o pote e repete o processo novamente. Quando você tiver uma quantidade de grãos maior do que a quantidade de kefir que você e sua família consomem, você pode doar esse kefir ou também pode guardar na geladeira ou no freezer (as baixas temperatura vão impedir a sua multiplicação). Você pode consumir o kefir puro, batido com frutas, com mel ou na forma de iogurte.

 

Dúvidas comuns!

1)O Kefir de água pode ser consumido por diabéticos?

Apesar de os micro-organismos consumirem o açúcar adicionado no processo, não temos como garantir que 100% desse açúcar foi consumido, por esse motivo, não indico o consumo de Kefir de água para pacientes diabéticos. Já o Kefir de leite pode sim ser consumido em um plano alimentar balanceado e específico para o paciente.

2)Gestantes podem consumir Kefir?

Não indico o consumo de Kefir durante a gestação por dois motivos: o primeiro é que há produção de álcool durante o processo de fermentação, mesmo que mínimo, e durante o período gestacional é completamente contra indicado o consumo de álcool. O segundo ponto é que por serem micro-organismos vivos, as chances de contaminação são bem grandes. Nós adultos temos um sistema imunológico forte o suficiente para combater micro-organismos maléficos, porém o bebê ainda não possui esse sistema formado, sendo então um fator de risco para a saúde ele.

3)Quem tem intolerância à lactose pode consumir Kefir de leite?

Depende! De modo geral, toda a lactose do leite é consumida pelo kefir, mas não temos como garantir 100%. Para indivíduos com uma intolerância à lactose bem leve, não haveria problema em consumir, mas tudo vai depender do grau de intolerância de cada um.

4)Posso fazer Kefir de leite com leite vegetal?

Não! Leite vegetal não possui lactose, principal carboidrato presente no leite animal e que serve de alimento para o Kefir. Caso queira fazer kefir com leite vegetal, precisará utilizar a muda de kefir de água, misturando o leite vegetal com o açúcar mascavo e acrescentando os grãos.

5)Posso congelar meu Kefir?

Pode sim! Quando eles estiverem se reproduzindo demais ou quando você for viajar e não puder cuidar, o congelamento interrompe momentaneamente a reprodução do Kefir, que vive normalmente após ser descongelado. Para congelar coloque os grãos em um pote de vidro sem açúcar e sem água e deixe no congelador. Para descongelar é bem simples: tire o potinho e deixe em temperatura ambiente, após os grãos descongelarem, adicione a água e o açúcar ou leite normalmente e deixe fermentar.

6)Faço uso de probióticos em cápsulas/Pó. Tem problema tomar Kefir junto?

Sem problemas, pode fazer uso dos dois sim!

7)Posso usar leite sem lactose para produzir meu kefir de leite?

Não pode! O Kefir de leite precisa de lactose para poder fermentar e formar as substâncias benéficas para a sua saúde.

8)Posso utilizar outros tipos de leite de origem animal que não seja de vaca?

Pode! Leite de búfala e cabra também possuem lactose, podendo ser utilizados.

9)Posso usar leite desnatado ou semi-desnatado para fazer meu kefir de leite?

Pode sim, sem problemas! Tanto o desnatado quanto o semi-desnatado possuem redução de gordura, mas a lactose, que é o carboidrato do leite que será consumido pelo kefir, não se altera.

10)Posso comprar meu kefir?

Não! Normalmente consegue-se uma “muda” de Kefir através de doação. Existem diversas comunidades no Facebook que oferecem, procure por alguma perto da sua região.

11)Preciso ter utensílios específicos para usar no Kefir?

De preferência sim! Quando utiliza utensílios gerais da cozinha, o risco de contaminação é maior. E lembre-se: use sempre utensílios de vidro, inox, bambo ou madeira, metal não deve ser utilizado para não haver oxidação e mudança na composição do líquido formado.

 

Gostou das informações? Ficou com alguma dúvida? Escreve aqui nos comentários que será um prazer te ajudar!

Beijos da Nutri 🙂

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *